Paróquia Santíssima Trindade

Festa em honra a São Bento – de 05/07 a 08/07/2018

Nos dias 05 a 08 de julho houve a 113ª Festa em honra a São Bento, no itacorubi.

Houve tríduo nos dias 05 a 07 de julho e a grande comemoração de são bento no dia 08 de Julho. Com a presença dos nossos freis: Frei Carlos Guerber, Pd. Alberto, Frei Daniel Heinzen e Frei Evandro A. de Souza, a festa em honra a São Bento teve momentos de espiritualidade e comunhão com as santas missas, e encontro fraterno no salão de festas da igreja após as celebrações.

Na missa solene a São Bento de domingo os casais festeiros deste ano apresentaram para a comunidade os festeiros do ano de 2019.

O casal festeiro Valmiro Reis da Silva Filho e Marai Helena Sardá da Silva, convidaram o casal Gilson Acacio Sardá e Vera Lucia Guimarães Sardá, do bairro Itacorubi.

O casal festeiro Francisco R. M. de Moura e Cida Rodrigues C. de Moura, convidaram o casal Ricardo e Patrícia, do bairro itacorubi.

O casal festeiro Antônio Armando Feijó e Luziane Teixeira Feijó, convidaram seu genro e sua filha, Pietro Rodrigo Borges Gugelmin e Gabriela Teixeira Feijó Gugelmin.

Após a missa, tivemos o almoço no salão de festas e um grandioso bingo, com o sorteio da rifa!

Confira as fotos no link a seguir: https://www.facebook.com/pg/paroquiadatrindade/photos/?tab=album&album_id=1862948230431172

1

Símbolos de São Bento

Regra de São Bento

A regra de São Bento era baseada em ensinamentos escritos por ele e tinha como objetivo formar os jovens cristão de acordo com os ensinamentos de Jesus Cristo e prática dos mandamentos. Acreditava-se que através dessa regra e a vida comunitária e não individual era mais fácil atingir a perfeição.

Além disso, a Regra de São Bento deixava todos bem à vontade e era aplicada e moldada de acordo com a capacidade e limitações de cada um. “Oração e trabalho” era o seu lema principal onde a oração era transformada em trabalho e o trabalho em oração, através da fé e da obediência.

Medalha de São Bento

A medalha de São Bento é um dos maiores símbolos e heranças deixadas por esse santo e seus significados e simbologia são de extrema importância para a Igreja Católica e para todos os seus devotos que a veneram com fé e amor.

As primeiras medalhas foram confeccionadas dentro do Mosteiro Cassino e como símbolo principal carregam a cruz, muito usada por Bento em diversas situações de sua vida, inclusive naquelas em que evitou por várias vezes a sua morte. Para Bento, o sinal da cruz era como um sinal de coisas boas sendo feitas, um sinal de vitória contra o mal e a morte.

A medalha sofreu várias variações e nas mais antigas é possível encontrar a figura de São Bento rodeada pela frase em latim “Eius in obitu nostro presentia muniamur” (que a hora de nossa morte, nos proteja tua presença). As medalhas mais atuais tem essa frase substituída por “Crux Sancti Patris Benedict” ou ainda “Sanctus Benedictus”.

Já na parte do verso, encontramos a figura de uma cruz com as seguintes inscrições:

- CSPB: Crux Sancti Patris Benedicti (Cruz do Santo Pai Bento)
- CSSML: Crux Sacra Sit Mihi Lux (Cruz Sagrada Seja a minha Luz)
- NDSMD: Non Draco Sit Mihi Dux (Que o Dragão não seja o meu guia)
- VRS – Vade Retro Satana: (Passe Reto Satanás)
- NSMV: Nunquam Suade Mihi Vana (Nunca Seduzas minha alma)
- SMQL: Sunt Mola Quae Libas (São coisas más que brindas)
- IVB: Ipse Venana Bibas (Bebas do mesmo veneno)

 

Oração a São Bento

“A Cruz Sagrada seja a minha Luz
Não seja o dragão o meu guia. 
Retira-te satanás. 
Nunca me aconselhes coisas vãs. 
É mau o que tu me ofereces. Bebe tu mesmo o teu veneno.”
Amém (3x) A bênção de Deus Todo Poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo, desça sobre nós e permaneça para sempre. Amém.

Expansão e consagração

Os mosteiros beneditinos tornaram-se centros de referência e deles saíram vários nomes e ícones da Igreja Católica. Ao todo, foram 23 papas, 5 mil bispos e cerca de 3 mil santos canonizados.

As mulheres também tiveram a sua vez dentro da doutrina beneditina e lideradas pela irmão de bento, Santa Escolástica, tiveram a oportunidade de desfrutar de seus ensinamentos adotando também a “Regra de São Bento” e mais tarde ficando conhecidas como monjas beneditinas.

Após a sua morte, em 547, a imagem e figura de São Bento propagou-se mais e mais o fazendo ganhar o título de padroeiro da Europa”.

 

PAZ E BEM!